Desnotícias:Brexit, a novela mais longa da história, finalmente chega aos últimos capítulos

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

LONDRES, Inglaterra

Após cinco anos de episódios seis dias por semana (e dias com dois episódios, sem contar com as reprises), Brexit, a novela mais longa da história da televisão, que, ao longo de sua duração, contou com mais de mil capítulos, finalmente entrou em sua fase final, de acordo com os comerciais lançados pela BBC. A novela se encontra na fase da conclusão das negociações entre UE e Reino Unido, com os capítulos finais sendo reservados à aprovação do texto, que conta com mais de oito mil páginas, pelo parlamento britânico. Tais capítulos finais já se encontram em produção.

Brexit, que conta o processo de saída do Reino Unido da União Europeia, contou com a aparição de centenas de atores e dezenas de roteiristas diferentes, sendo considerada um sucesso de audiência, apesar das críticas da imprensa especializada, que considera a novela como um grande desperdício. O país literalmente parou em certos momentos para acompanhar a trama se desenvolver, especialmente perto do final, onde centenas de caminhoneiros se reuniram em um grande evento em Dover para acompanhar a conclusão da novela.

Boris Johnson, um dos roteiristas da obra, agradeceu o apoio do público para que a obra pudesse ser concluída. Jeremy Corbyn, líder da oposição, lamentou que algumas das suas sugestões para o roteiro não foram aproveitadas, mas respira aliviado sabendo que poderia ser muito pior, pois, aparentemente, o final em que não havia um acordo foi descartado. Theresa May, que escreveu boa parte do roteiro da trama, refletiu sobre a recepção da trama, e declarou que, mesmo com as críticas da mídia, esta novela não é uma mancha negativa em sua carreira.

As reações internacionais foram poucas até o momento. António Costa, primeiro ministro de Portugal, comemorou o acordo com uma única frase: "Puta que pariu, saiu, caralho, puta que pariu! Ô aleluia caralho!". No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro se recusou a comentar, pois estava procurando no Google artigos que comprovavam que as vacinas transformavam as pessoas em jacarés, mas uma fonte anônima dentro do Ministério das Relações Exteriores admitiu que existem planos de que a novela seja transmitida no Brasil pela Rede Record, provavelmente com adaptações no roteiro retratando uma potencial saída do Brasil de organizações supostamente globalistas e comunistas como a ONU, o Mercosul ou a OMS.

A BBC já entrou em contato com o Guinness Book para registrar Brexit como a telenovela mais longa já feita, ultrapassando com folga a brasileira Redenção.

FontesEditar

Compartilhe